top of page

Brises para janelas

Os brises são elementos arquitetônicos que vêm ganhando destaque em projetos modernos de construção. Esses elementos são utilizados para proteger as fachadas dos edifícios do excesso de luz solar, ao mesmo tempo em que proporcionam um design arrojado e elegante.


Os brises são compostos por lâminas fixas ou móveis, que são dispostas de maneira a controlar a entrada de luz e calor nos ambientes internos. Além disso, os brises também são utilizados para proporcionar privacidade aos moradores, sem obstruir completamente a vista para o exterior.


Se você está pensando em incluir brises em seu projeto de construção, é importante contar com a orientação de um profissional qualificado para garantir a eficácia e segurança da estrutura. Conte com nosso guia completo sobre brises para tomar a melhor decisão para sua construção.


O que são brises para janela?


Os brises para janela são elementos arquitetônicos que se tornaram bastante populares na construção civil. Eles consistem em um conjunto de ripas posicionadas na parte externa da janela, que impedem a entrada direta da luz solar, proporcionando um ambiente mais fresco e confortável.


Além disso, eles são eficazes no controle da luminosidade, proporcionando privacidade e reduzindo o ofuscamento causado pelo sol.


Os Brises para janela podem ser confeccionados em diversos materiais, como alumínio, madeira e vidro, e podem ser encontrados em diferentes formatos e cores. É possível personalizá-los de acordo com o seu estilo e, assim, agregar ainda mais beleza ao projeto.


Além de seus benefícios estéticos, os brises para janela também proporcionam economia de energia, uma vez que reduzem a necessidade de iluminação artificial e de ar-condicionado. Isso ocorre porque a redução da entrada direta de luz solar faz com que a temperatura interna do edifício fique mais amena.


Os brises para janela são uma solução eficaz, estética e sustentável para controle de luminosidade, conforto térmico e privacidade.

Brises de madeira verticais


Quais são os tipos de brises?


Existem vários tipos de brises disponíveis no mercado, cada um com características específicas para atender diferentes necessidades e projetos arquitetônicos.


Os brises de alumínio são os mais comuns e apresentam uma grande resistência e durabilidade, além de serem leves e fáceis de limpar. Já os brises de madeira são uma opção mais elegante e sofisticada, com excelente isolamento térmico e acústico.


Há também os brises de vidro, que oferecem uma solução mais contemporânea e podem ser usados tanto para proteção solar quanto para isolamento acústico.


Outra opção são os brises de concreto, que além de apresentarem grande resistência, também possuem um bom desempenho em termos de isolamento térmico e acústico. Há ainda os brises de PVC, que são bastante resistentes, leves e duráveis, sendo uma alternativa mais econômica em relação aos demais materiais.


Independentemente do tipo de brise escolhido, é importante levar em consideração o clima local, a orientação solar do edifício e o estilo arquitetônico, para escolher o brise mais adequado para cada projeto.


Com uma ampla variedade de opções disponíveis, é possível encontrar o brise perfeito para atender às necessidades de qualquer construção.


Qual é a diferença de brise vertical e brise horizontal?


Os brises podem ser encontrados em duas variações principais: brise vertical e brise horizontal. A principal diferença entre esses dois tipos de brises é a sua orientação em relação à fachada do prédio.

Os brises verticais são mais eficazes no controle da entrada de luz solar, especialmente em prédios com orientação norte-sul, onde a incidência solar é mais intensa. Eles também podem ajudar a reduzir a sensação de desconforto térmico no interior do prédio, pois bloqueiam a radiação solar direta.

Já os brises horizontais são mais utilizados em prédios com orientação leste-oeste, onde a luz solar incide de forma mais horizontal. Eles ajudam a controlar a entrada de luz solar e, ao mesmo tempo, permitem a entrada de ventilação natural, criando um ambiente mais agradável e confortável.

Ambos os tipos de brises podem ser confeccionados em diferentes materiais, como madeira, alumínio, vidro, entre outros, e apresentar diferentes designs e acabamentos, conferindo uma estética diferenciada aos prédios.

A escolha entre brise vertical ou horizontal dependerá da orientação do prédio e das necessidades de controle de luz e ventilação do ambiente interno. É importante consultar um profissional especializado para determinar qual tipo de brise é mais adequado para cada situação.

Brises de madeira vertical para janela


Quais são os tipos de madeira usada para fazer brise?


Existem diferentes tipos de madeira que podem ser utilizados na confecção desses elementos arquitetônicos, cada uma com suas características e propriedades únicas.


A madeira Ipê é uma das opções mais utilizadas na fabricação de brises. Ela apresenta alta durabilidade e resistência a intempéries, além de possuir uma tonalidade avermelhada que confere elegância e sofisticação ao projeto.


Outra madeira comumente usada na fabricação de brises é o Cumaru, que apresenta grande resistência e durabilidade, além de ser mais claro e com um tom amarelado.


A madeira Cedrinho é uma opção mais clara, com tom amarelo-pálido, e possui alta resistência à umidade e cupins, sendo muito indicada para áreas litorâneas.


Já a madeira Garapeira é uma opção mais escura, com tons que vão do marrom ao verde-oliva, e apresenta alta resistência e durabilidade.


É importante escolher uma madeira de qualidade para garantir a resistência e durabilidade do brise, além de optar por fornecedores que possuam certificação e práticas sustentáveis na extração e utilização da madeira.


Como limpar os brises de madeira?


Os brises podem acumular sujeira com facilidade e a limpeza desses elementos é essencial para garantir sua durabilidade e beleza, mas é importante tomar alguns cuidados para não danificar a estrutura.


Para limpar os brises, o primeiro passo é retirar o excesso de sujeira com uma vassoura de cerdas macias ou um aspirador de pó. Em seguida, umedeça um pano macio com água e sabão neutro e passe sobre a superfície do brise. Evite utilizar produtos químicos ou abrasivos, que podem danificar a madeira.


Caso haja manchas persistentes, é possível utilizar uma mistura de água e vinagre em partes iguais para limpá-las. Esfregue suavemente com uma escova macia e enxague com água limpa.


Ao final da limpeza, seque bem os brises para evitar a proliferação de fungos e bactérias. É importante lembrar que a frequência da limpeza deve ser adequada às condições climáticas e de uso do ambiente, sendo recomendado realizar a limpeza pelo menos duas vezes ao ano.


A limpeza adequada dos brises é essencial para garantir sua durabilidade e beleza, e deve ser feita com cuidado para não danificar a estrutura. Utilize água, sabão neutro e evite produtos químicos ou abrasivos.

Brises de madeira horizontais para janela do prédio


Quanto custa o metro do brise?


O preço do metro quadrado do brise pode variar de acordo com o tipo de material utilizado na sua fabricação, o design escolhido, a complexidade da instalação e a região onde será realizada a obra.


Os brises podem ser fabricados em diferentes materiais, como madeira, alumínio, aço, entre outros. Cada material apresenta suas próprias características e preços distintos. Por exemplo, os brises de madeira podem ter preços mais acessíveis, enquanto os de alumínio costumam ser mais caros.


O design e a complexidade da instalação do brise também são fatores que influenciam no preço final. Quanto mais elaborado for o design do brise e quanto mais difícil for a instalação, maior será o custo do móvel.


Além disso, a região onde será realizada a obra também pode influenciar no preço, devido a variações de impostos e custos de mão de obra.


O brise de madeira é uma excelente opção para quem busca um design diferenciado e um custo mais acessível. Seu preço pode variar bastante de acordo com o tipo de madeira escolhido, o design do brise e a região onde será realizada a instalação.


Entre as madeiras mais utilizadas para a fabricação de brises estão a ipê, a jatobá, a cedrinho, a cumaru e a garapeira. Cada uma dessas madeiras apresenta características únicas em relação à resistência, durabilidade e aparência, o que pode influenciar no preço final do produto.


O design do brise de madeira também pode influenciar no preço. Brises mais simples e retos costumam ser mais acessíveis, enquanto brises com desenhos e curvas mais elaboradas podem custar mais caro.


De forma geral, o preço médio do metro quadrado do brise de madeira pode variar de R$ 200 a R$ 600, dependendo das características mencionadas acima. Porém, é importante lembrar que cada projeto é único e o ideal é consultar um profissional especializado para realizar um orçamento personalizado.



Vantagens e desvantagens de ter brise de madeira.

  1. Controle da luz: os brises de madeira permitem que você controle a quantidade de luz que entra no ambiente, permitindo que você ajuste a iluminação de acordo com suas necessidades e preferências.

  2. Privacidade: a disposição das lâminas de madeira dos brises pode oferecer um nível adicional de privacidade, ao mesmo tempo em que permite a entrada de luz e ventilação.

  3. Estética: os brises de madeira podem adicionar um toque de estilo e elegância a uma casa ou edifício, e podem ser personalizados de acordo com o design e as cores do local.

  4. Isolamento térmico: a madeira é um bom isolante térmico natural, o que significa que os brises de madeira podem ajudar a manter a temperatura interna de uma casa ou edifício, reduzindo a necessidade de aquecimento ou ar-condicionado.

  5. Durabilidade: quando bem mantidos, os brises de madeira são duráveis e podem durar muitos anos.

Desvantagens:

  1. Manutenção: como qualquer estrutura de madeira, os brises exigem manutenção regular, incluindo limpeza, tratamento e pintura, para evitar danos causados pelo sol, vento, chuva ou umidade.

  2. Custo: os brises de madeira podem ser mais caros do que outras opções de janelas, devido ao material e ao processo de instalação.

Brises de madeira horizontais com detalhes.

Conclusão.


Exploramos diversos aspectos relacionados aos brises para janela, desde a sua funcionalidade até as características e custos de diferentes tipos de brises. Além disso, destacamos a importância da limpeza e manutenção adequadas para garantir a durabilidade e eficiência desses elementos.


Os brises são uma solução eficiente para controlar a entrada de luz e calor nos ambientes, proporcionando maior conforto térmico e visual. Eles podem ser encontrados em diferentes materiais, tamanhos e formatos, o que permite uma grande variedade de opções para personalizar cada projeto de acordo com as necessidades e preferências dos clientes.


Entre os principais materiais utilizados na fabricação de brises estão a madeira, o alumínio e o vidro, cada um com suas próprias características em relação à resistência, durabilidade e estética. Os brises de madeira, por exemplo, apresentam um design mais rústico e aconchegante, enquanto os brises de alumínio são mais modernos e resistentes.


No que diz respeito aos custos, o valor de um brise pode variar bastante de acordo com o material, o design e a região onde será realizada a instalação. De forma geral, os brises de madeira costumam ter um preço mais acessível em comparação com os modelos de alumínio ou vidro, mas isso pode variar bastante de acordo com as especificações de cada projeto.


Por fim, é importante destacar que a escolha e instalação dos brises devem ser feitas por profissionais qualificados e experientes, que possam garantir a eficiência e segurança dos elementos. Além disso, é fundamental realizar a manutenção adequada dos brises para garantir a sua durabilidade e eficiência ao longo do tempo.


Posts recentes

Ver tudo

Lâminas de Madeira para Móveis

Lâminas de madeira para móveis são uma opção popular para quem deseja um acabamento elegante e sofisticado em seus móveis. As lâminas são finas camadas de madeira natural que são aplicadas sobre uma b

留言


bottom of page